Bons modos na higiene pessoal

Bons modos na higiene pessoal

Qu’est-ce qu’on entend par «traditions de pureté» (sunan al-fiţra) ?

 Que se entende por bons modos em relação à higiene pessoal?

Entende-se pelas qualidades natas que Allah pôs na pessoa e que o Islam complementa com seus ensinamentos. Assim, o crente adquiri os melhores modos e a melhor aparência e higiene, unindo o natural e o aprendido. O Islam dá importância ao aspecto e à beleza, pois a aparência é e deve ser reflexo do interior.

O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) disse: “São cinco os hábitos que fazem uma boa higiene pessoal: a circuncisão, raspar os pelos pubianos, aparar o bigode, cortar as unhas e raspas as axilas” (Bukhari, 5552 e Muslim, 257).

A circuncisão: corta-se o anel exterior do prepúcio. Isto é feito nos primeiros dias do nascimento do menino.

É recomendável e um bom hábito para a higiene pessoal masculina, ainda que não seja uma condição para entrar no Islam e não se considera pecado se o muçulmano não faz a circuncisão por medo ou outra razão.

Raspar os pelos pubianos: implica em cortar o pelo das partes íntimas, incluindo aquelas zonas expostas ao contato dos excrementos e secreções corporais, como a menstruação.

Aparar o bigode: deixar o bigode crescer é lícito, mas, deve-se aparar no nível do lábio superior.

Deixar crescer a barba: o Islam recomenda fortemente aos homens deixarem crescer a barba, porque este é um sinal natural da masculinidade.

É muito recomendável deixar a barba e não cortá-la, pois é parte da tradição do Profeta (sunnah).

Cortar as unhas: recomenda-se cortá-las regularmente e não deixá-las crescer muito para não abrigar sujeira.

Depilar ou raspar as axilas: pois suas vilosidades estão expostas ao acúmulo permanente de suor e odores corporais.