Tipos de carne nos restaurantes e comércios

Tipos de carne nos restaurantes e comércios:

  1. A carne não sacrificada por muçulmanos, judeus ou cristãos, como, por exemplo, a sacrificada por hindus, budistas, ateus, assim como aquela que se encontra no supermercado de países de maioria não muçulmana é ilícita, exceto se provar o contrário.
  2. A que foi sacrificada por um muçulmano, judeu ou cristão, tal como estabelece a norma da degola no Islam, é lícita por unanimidade.
  3. A sacrificada por um muçulmano, judeu ou cristão, mas de maneira não islâmica, como, por exemplo, por asfixia ou eletrocutado, este tipo de carne está taxativamente proibida.
  4. A carne sacrificada por um judeu ou cristão, mas sem ter segurança de se ter sacrificado corretamente, seja em açougues ou restaurantes, em princípio é lícito consumi-la, deve-se comê-la em nome de Allah (falar “bissmillah” antes de comê-la); sendo aconselhável buscar locais e restaurantes onde se consuma carne halaal com segurança.